Voo 447: França não confirma que sinal é de caixa-preta

Embarcações militares francesas detectaram sons nas profundezas do Oceano Atlântico durante as buscas pelas caixas-pretas do voo 447, da Air France. No entanto, segundo afirmaram hoje oficiais franceses, não foi comprovado que esses sinais são das caixas-pretas da aeronave, que caiu no último dia 31, com 228 pessoas a bordo. "Nós ainda estamos procurando pelas caixas-pretas", afirmou o porta-voz dos militares franceses, Christophe Prazuck, ressaltando que elas não foram localizadas até o momento.

AE-AP, Agencia Estado

23 de junho de 2009 | 09h31

O jornal "Le Monde" chegou a informar que os sinais detectados eram das caixas-pretas do voo 447, que seguia do Rio de Janeiro para Paris. Segundo a reportagem, um minissubmarino de pesquisa, o Nautile, mergulhou ontem para procurar os aparelhos com base num "sinal muito fraco" dos gravadores de voo captado pelos barcos franceses.

A agência do país europeu encarregada da apuração sobre as causas da tragédia, o Escritório de Investigações e Análises sobre a Aviação Civil Francesa (BEA), também divulgou comunicado negando que os sinais da caixa-preta tenham sido detectados até o momento. A previsão é de que as caixas-pretas continuarão a emitir sinais apenas até o fim deste mês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.