Voos para Austrália e Nova Zelândia são suspensos

Os voos da LAN que saem do Brasil com destino aos aeroportos de Ezeiza e Aeroparque, na Argentina, estão operando normalmente, segundo informa a companhia em nota. De acordo com a LAN, foram transportados cerca de 500 passageiros até por volta do meio-dia.

CAROLINA SPILLARI, Agência Estado

15 Junho 2011 | 13h37

O mesmo não aconteceu com os voos para Auckland, na Nova Zelândia, e Sydney, na Austrália, que seguem suspensos em função das cinzas expelidas pelo vulcão chileno Puyehue. A LAN recomenda aos passageiros que consultem a situação do voo pelo site www.lan.com.

Os passageiros que tiverem bilhetes podem mudar de rota sem multa, pedir devolução sujeita à regulamentação tarifária ou ter a devolução involuntária do tíquete, de acordo com a disposição legal vigente. O fone da central de atendimento da LAN é 0300-788-0045.

A Gol também afirmou que opera normalmente seus voos para os aeroportos internacionais de Buenos Aires e Rosário, na Argentina, e Montevidéu, no Uruguai. A companhia aérea comunicou que já começou a contatar os clientes para informar a sobre retomada de voos. Os passageiros no Brasil podem ligar para 0300-115-2121 e na Argentina para 0810-266-3232.

Se preciso, acomodações serão providenciadas sem cobrança das taxas. Em caso de cancelamento da viagem, os clientes receberão o reembolso no valor integral dos bilhetes. Mais informações podem ser obtidas no site http://blog.voegol.com.br.

A TAM, que não opera para Nova Zelândia e Austrália, disse ter regularizado os voos para os países do Cone Sul. Por volta das 13h, apenas dez dos 87 voos internacionais programados no País haviam sido cancelados, segundo informações da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Destes, sete deveriam partir do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, e outros três do Galeão, no Rio de Janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.