Warren Buffett diz que sucessor será 'correto como uma flecha'

Sem David Sokol na competição para sua sucessão, Warren Buffett afirmou neste sábado esperar que quem quer que assuma seu lugar como presidente-executivo da Berkshire Hathaway seja "correto como uma flecha".

REUTERS

30 Abril 2011 | 13h41

Sokol era amplamente considerado o candidato mais forte para ocupar o cargo de Buffett como presidente-executivo. Mas ele renunciou no mês passado após a descoberta de que o executivo havia comprado 10 milhões de dólares em ações da Lubrizol enquanto sugeria que a empresa de produtos químicos deveria ser alvo de aquisição da Berkshire.

Antes da saída de Sokol, a Berkshire afirmou haver quatro candidatos da empresa para a sucessão de Buffett. Analistas e investidores acreditavam amplamente que Sokol era um deles, se não o mais cotado.

Buffett, 80 anos, afirmou a acionistas no encontro anual da Berkshire, em Omaha, no Nebraska, não estar certo de ter sido feita alguma garantia de que Sokol era o candidato favorito.

"Certamente, eu apostaria muito dinheiro no fato de que o candidato que penso ser o mais cotado neste momento é correto como uma flecha", afirmou Buffett.

(Reportagem de Ben Berkowitz)

Mais conteúdo sobre:
BUFFETTSUCESSAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.