Washington faz três e São Paulo termina em 3.º

Equipe cumpre seu papel e goleia o rebaixado Sport: 4 a 0

Giuliander Carpes, O Estadao de S.Paulo

07 Dezembro 2009 | 00h00

Não valeu o sonhado quarto título brasileiro consecutivo, mas o São Paulo fez sua parte na última rodada. Arrasou o rebaixado Sport por 4 a 0 - três gols de Washington -, no Morumbi, subiu um posto na classificação e ficou com o consolo de ir à Taça Libertadores. Como ultrapassou o Palmeiras e terminou no 3º lugar, também não precisa se preocupar em disputar a fase preliminar da competição continental. "Queríamos o título, mas ir para a Libertadores já é uma conquista para ser valorizada", declarou o técnico Ricardo Gomes.

Os são-paulinos não estavam confiantes. Como o que valia mesmo era uma vaga na Libertadores, apenas 30 mil foram ao estádio. E ainda estavam de ressaca depois da derrota por 4 a 2 para o Goiás na rodada anterior.

O São Paulo entrou com esquema bastante ofensivo. Uma vitória com boa diferença de gols poderia ser decisiva. O desânimo da torcida, porém, contagiou o time no início. Gritos nas arquibancadas só quando o Grêmio fez 1 a 0 no Flamengo. Os torcedores passaram a incentivar, mas nem assim os jogadores melhoraram. E logo o Morumbi se calou quando o Inter fez seu primeiro gol no Santo André.

A expulsão de Moacir mudou o jogo, embora depois Renato Silva também tenha levado vermelho. Com mais espaço, o São Paulo fez o gol na primeira oportunidade, com Washington. Rogério Ceni resolveu fechar a temporada em alta. No ano mais difícil de sua carreira - sofreu três lesões musculares e uma fratura no tornozelo esquerdo -, fez seu segundo gol. Washington resolveu pôr em dúvida a direção são-paulina, que planejava não renovar seu contrato, ao marcar mais duas vezes, para fechar o campeonato com 17 e o ano com 32. Saiu aplaudido. "Minha vontade é ficar", disse.

O também atacante Borges despediu-se do elenco. Na próxima temporada, vai defender o Grêmio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.