Whitmarsh acredita que McLaren ainda pode ganhar o título

O diretor da McLaren, Martin Whitmarsh, calcula que seus pilotos ainda podem vencer o campeonato mundial de Fórmula Um nesta temporada, apesar de Sebastian Vettel da Red Bull desfrutar de uma enorme vantagem.

REUTERS

15 de agosto de 2011 | 13h23

O campeão alemão está 88 pontos à frente de Lewis Hamilton e 100 pontos à frente de seu colega da McLaren Jenson Button, e a maioria dos especialistas acha que a disputa pelo título já acabou.

"Acho que é duro, mas possível", disse Whitmarsh ao www.autosport.com. "Vencer corridas é duro, mas acho que tudo o que você pode fazer é tentar vencer cada corrida, e não pode fazer mais do que isso. É difícil diminuir a lacuna, mas possível".

Ainda faltam oito corridas este ano, com a F1 retornando de um intervalo para o Grand Prix belga em 28 de agosto.

"Eu gostaria de ter um 1-2 e viria a calhar se a Red Bull não fosse o terceiro carro no pódio se conseguíssemos um 1-2, e então nós daríamos as boas vindas à Ferraria no pódio também. Nós nunca desistimos", acrescentou Whitmarsh, que acha que o campeão de 2008, Lewis Hamilton, agora parece estar mais focado.

"Sua cabeça agora está em um lugar melhor porque ele de repente acredita que pode ganhar", disse. "Eu acho que Lewis quer desesperadamente vencer. Acho que ele é duro com ele mesmo. Ele ainda leva muito a sério o que é dito na mídia. Ele tem sensibilidade demais sobre isso. Mas ele vai aprender."

Tudo o que sabemos sobre:
F1MCLARENTITULO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.