Xandinho é operado e espera correr na estreia da Stock

Xandinho Negrão foi submetido a uma cirurgia na clavícula esquerda devido ao acidente sofrido na quarta-feira durante os treinos livres da Stock Car na pista do Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo, em Piracicaba (SP). Ele recebeu alta nesta sexta pela manhã e deixou o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

AE, Agência Estado

25 de fevereiro de 2011 | 12h09

Agora, após avaliação final do médico Eduardo Benegas, o piloto seguiu para Campinas, onde reside, para iniciar o processo de recuperação. A estimativa é que Xandinho leve de quatro a seis semanas para voltar a correr, o que pode lhe deixar fora da etapa de abertura da Stock Car, em 27 de março, em Curitiba (PR).

"Os primeiros 20 dias são de completa inatividade. Depois, a velocidade da recuperação é que vai estabelecer os prazos", disse o piloto, em comunicado. Ele conta com isso para correr na primeira etapa, avisou sua assessoria.

O acidente aconteceu com pouco mais de 20 minutos de treino. Xandinho passou direto no fim da reta principal e bateu forte no barranco, decolando e caindo atrás do alambrado que delimita o traçado.

"Quando apertei o pedal, apenas os freios traseiros responderam, mas logo eles também deixaram de funcionar. E ainda tive de sair da melhor trajetória para evitar um choque mais forte porque vi algumas pessoas no prolongamento da pista", explicou.

Na ocasião, o piloto estava seguindo as orientações do diretor-técnico Maurício Ferreira e andando sem preocupação em virar voltas rápidas. Ele apenas checava se o problema de vazamento de óleo do motor, que afetou a categoria em algumas provas do ano passado, estava solucionado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.