Zelador de escola é preso após assediar alunas em SP

Um zelador de 60 anos foi preso em flagrante hoje sob a acusação de assédio sexual contra duas alunas, de 11 e 15 anos, respectivamente, no interior da escola em que ele trabalha, no município de Alumínio (SP).

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

30 de setembro de 2010 | 20h06

De acordo com a Polícia Militar (PM), o zelador abordou as alunas na quadra de esportes da Escola Municipal Professora Isaura Kriguer, na Vila Industrial, e ofereceu R$ 50 para que mantivessem relações sexuais com ele. O homem, que não teve o nome divulgado, teria agarrado uma delas. As garotas conseguiram fugir para a sala de aula e denunciaram o assédio à professora.

Os policiais detiveram o suspeito na zeladoria da escola, onde ele mora. O homem estava com o dinheiro que teria oferecido para as alunas. Preso, o zelador negou o assédio, mas foi encaminhado para a Cadeia Pública de Pilar do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
assédioalunasSPzeladorescola

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.