ZTE aposta na Índia para aumentar receita com smartphones em 30%

A ZTE, segunda maior fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicação, planeja lançar mais produtos na Índia para ajudar a aumentar a receita com smartphones em 30 por cento este ano, enquanto nomeia um novo presidente-executivo para suas operações no país.

Reuters

14 de março de 2013 | 08h30

A ZTE Índia nomeou Xu Dejun como presidente no lugar de Cui Liangjun, realocado para a sede da companhia em Shenzen, na China.

As vendas da ZTE na Índia cresceram para 700 milhões de dólares nos últimos dois anos. O resultado de 2012 não estava imediatamente disponível.

(Por Aradhana Aravindan)

Tudo o que sabemos sobre:
TELECOMZTEINDIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.