Zuleido e delegado da PF são processados

A Justiça abriu processo criminal contra o ex-superintendente da Polícia Federal em Sergipe Rubem Patury e o empreiteiro Zuleido Veras (foto), da construtora Gautama, alvo da Operação Navalha em 2007, que desarticulou esquema de fraudes em licitações públicas. Segundo o Ministério Público Federal, Patury recebeu propina de Zuleido. Patury e Zuleido não foram localizados para falar sobre o processo. Quando foi entregue a denúncia em 2009, o delegado negou ter recebido valores de Zuleido.

, O Estadao de S.Paulo

09 de março de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.