Extradição de Assange será definida na 4ª em Londres

O Superior Tribunal de Londres vai decidir na quarta-feira se vai atender ao pedido da Suécia de extradição do fundador e editor-chefe do site WikiLeaks, Julian Assange, por acusações de estupro.

AE, Agência Estado

28 de outubro de 2011 | 12h58

"O Tribunal Superior vai decidir sobre o caso às 10h45 (horário local) na quarta-feira, 2 de novembro de 2011, no Tribunal Real de Justiça, em Londres", disse o comunicado.

Assange foi detido em Londres em dezembro por causa de um mandado de extradição e atualmente está em liberdade condicional com restrições, morando na mansão de um partidário na Grã-Bretanha.

Ele disse nesta semana que o WikiLeaks foi forçado a suspender suas publicações de documentos secretos por causa de um bloqueio às doações e que pode ter de fechar o site até o final do ano.

O site viu suas doações caírem em 95% em razão de um "bloqueio financeiro arbitrário e ilegal" de empresas como Visa e MasterCard desde dezembro do ano passado, disse Assange.

O australiano de 40 anos nega as acusações feitas contra ele por duas mulheres suecas, afirmando que elas têm motivação política.

O WikiLeaks enfureceu o governo dos Estados Unidos ao divulgar milhares de arquivos diplomáticos secretos. Muitos são relacionados às guerras no Iraque e no Afeganistão, enquanto outros contém avaliações francas, e algumas vezes embaraçosas, de líderes mundiais feitas por diplomatas norte-americanos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Julian Assangeextradição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.