PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

Notícias e artigos do mundo do Direito: a rotina da Polícia, Ministério Público e Tribunais

Leia a íntegra do depoimento do ex-diretor da PF Maurício Valeixo

Ex-chefe da Polícia Federal, pivô de crises entre o ex-ministro Sérgio Moro e o presidente Jair Bolsonaro, prestou informações nesta segunda, 11, no âmbito de inquérito que apura suposta tentativa de interferência do presidente na corporação

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

 

Em longo depoimento que prestou nesta segunda, 11, na Polícia Federal em Curitiba, o ex-diretor-geral da corporação Maurício Valeixo afirmou que que o presidente Jair Bolsonaro lhe disse que não tinha nada 'contra a sua pessoa', mas queria um diretor-geral com quem tivesse mais 'afinidade'. Em oitiva que começou às 10h10 e se estendeu durante a tarde por mais de seis horas, o homem de confiança do ex-ministro Sérgio Moro abordou os bastidores de sua exoneração e comentou sobre os pedidos de trocas da superintendência do Rio de Janeiro, área de interesse do presidente Jair Bolsonaro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.