PUBLICIDADE

Eymael: jingle é marca principal de suas campanhas

PUBLICIDADE

Por DAIENE CARDOSO E GUILHERME WALTENBERG

Presidente nacional do PSDC, José Maria Eymael disputa pela terceira vez a Prefeitura de São Paulo, sendo a primeira em 1985 e a última em 1992. Empresário, Eymael nasceu em Porto Alegre, tem 73 anos, foi deputado constituinte em 1986, reelegeu-se em 1990 e já concorreu três vezes à Presidência da República (1998, 2006 e 2010). Sem coligação, o vice de chapa de Eymael é Lindberg Clemente de Morais.O candidato tornou-se conhecido dos eleitores em sua primeira campanha à prefeitura quando lançou o seu jingle: "Ei, ei, Eymael, um democrata cristão". O jingle foi reutilizado nas campanhas seguintes e se transformou em uma marca do candidato. Após 27 anos usando o mesmo jingle, o candidato adaptou a música para "Ei, ei, ei São Paulo, mais que uma cidade uma nação". Segundo o candidato, a ideia de tratar São Paulo como um País é a "espinha dorsal" do seu programa de governo. "Cada bairro é uma cidade, cada região um Estado e a cidade, uma nação", explicou o candidato. Entre as propostas apresentadas durante a campanha estão a Secretaria da Família, para "resgatar e proteger os valores" familiares, criar a Secretaria de Relações Internacionais e a redução do Imposto Sobre Serviço (ISS) de 5% para 2%.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.