PUBLICIDADE

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Bastidores da política e da economia, com Julia Lindner e Gustavo Côrtes

Aliado de Cunha, deputado Gaguim pede para sair da CCJ

-

PUBLICIDADE

 

O deputado Carlos Henrique Gaguim (PTN-TO), aliado de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), renunciou à vaga de membro titular da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, que analisa o processo de cassação do deputado afastado. Ele votaria a favor da manutenção do mandato de Cunha.

PUBLICIDADE

Adversários do peemedebista interpretam a saída de Gaguim como o "início do fim" de Cunha. Nesta quarta-feira, o relator do recurso, deputado Ronaldo Fonseca (PROS-DF), procede a leitura de seu parecer.

Após reunião ocorrida terça-feira com a bancada do partido, Gaguim enviou carta à líder do PTN, deputada Renata Abreu (PTN-SP), pedindo sua substituição na CCJ, por questão de "obediência". Conforme orientação do PTN, o membro do partido na CCJ deverá votar a favor da cassação do mandato de Cunha, mas Gaguim é contrário a esse posicionamento.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.