PUBLICIDADE

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Bastidores da política e da economia, com Julia Lindner e Gustavo Côrtes

Comissão insiste em presença de ministro em debate sobre compra de asparaginase

.

PUBLICIDADE

 Foto: José Cruz/Agência Brasil

Atualizada às 11h30.

PUBLICIDADE

Depois de confirmar presença em audiência pública da Câmara para defender a compra do medicamento asparaginase, adquirido da China por meio de dispensa de licitação, o ministro Ricardo Barros alega incompatibilidade de agenda para faltar.

Membro titular da Comissão de Defesa do Consumidor, o líder do Solidariedade na Câmara, Áureo(RJ), faz questão da presença de Barros. "Não abrimos mão de pedir detalhes da decisão pessoalmente. Não é possível usar um produto questionável no tratamento de uma doença que atinge cerca de duas mil crianças e adolescentes por ano".

Outro lado. O ministro Ricardo Barros afirmou à Coluna que vai participar do debate na Câmara e alegou ser uma inverdade que ele esteja se esquivando de comparecer à audiência pública.

Siga a Coluna do Estadão:Twitter: @colunadoestadaoFacebook: facebook.com/colunadoestadao

Publicidade

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.