PUBLICIDADE

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Bastidores da política e da economia, com Julia Lindner e Gustavo Côrtes

Moraes discute com comandantes da PM proibir porte de armas por CACs no dia da eleição

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação

Reunido com comandantes da Polícia Militar nesta quarta-feira (24) em Brasília, o presidente do TSE, Alexandre de Moraes, discutiu a possibilidade de ser proibido o porte de armas por CACs (colecionadores e atiradores) no dia da eleição. 

O ministro Alexandre de Moraes, do TSE, com comandantes militares em reunião em Brasília Crédito: Divulgação/TSE  

PUBLICIDADE

A convite de Moraes, mais de uma dezena de militares participaram do encontro para tratar da segurança no dia do pleito. 

Para os participantes, a vedação para o porte de armas, embora possa ajudar a aumentar a segurança, dependeria de decisão do Supremo Tribunal Federal. Outra hipótese é restringir o treinamento e transporte de armas no dia do pleito.

Os comandantes informaram ao ministro que, neste ano, as polícias vão acionar ações de segurança que são utilizadas apenas durante as eleições municipais. Por envolverem mais candidatos, os pleitos municipais demandam efetivo maior nas ruas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.