Podemos oficializa apoio a Tebet na disputa pela Presidência

Foto: Marcelo Chello/Estadão

Partido agora integra coligação formada por PSDB, Cidadania e MDB

Por Gustavo Queiroz
Atualização:

Continua após a publicidade

O Podemos oficializou nesta sexta-feira, 5, o apoio à candidata do MDB à Presidência da República, Simone Tebet. Em um discurso bastante pautado pela relevância de uma chapa formada apenas por mulheres - a senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) foi escolhida para vice - a candidata agradeceu a aliança com a presidente do Podemos Renata Abreu, que vai disputar uma vaga na Câmara, e minimizou o endosso de diretórios do MDB ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na disputa.

“Estávamos fechando alguns acordos regionais com outros partidos, cada um cumprindo uma missão. Não podia começar essa caminhada sem o Podemos. O Podemos que me incentivou a ser candidata à presidência no Senado e ficou conosco até o final”, afirmou Tebet em coletiva de imprensa nesta sexta-feira, 5, em São Paulo. A senadora também fez agradecimentos aos presidentes dos partidos que formam a coligação e aos “companheiros que ficaram do MDB”.

Continua após a publicidade

“Nunca tivemos duas mulheres candidatas juntas à Presidência da República;. Podemos está aqui hoje porque acredita nesse projeto, na força da mulher”, defendeu Renata Abreu. O endosso às candidaturas femininas contrastou com o evento de lançamento de Mara à vice, marcado por declarações de políticos do PSDB que causaram constrangimento no público ao falar em ‘docilidade’ de mulheres e ‘controlar rebeldia’ de economista do grupo.

Podemos confirmou apoio à Simone Tebet na coligação com MDB, PSDB e Cidadania
Podemos confirmou apoio à Simone Tebet na coligação com MDB, PSDB e Cidadania 

Também estavam presentes o presidente do MDB, Baleia Rossi, e o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB). Questionado sobre a nota divulgada pelo diretório do MDB carioca defendendo apoio do partido ao candidato petista, Baleia Rossi afirmou que “a militância do partido” mantém apoio ao projeto de Tebet.

“Temos uma ala que declara apoio ao ex-presidente, outra que declara ao atual presidente. Mas com convicção, a militância do partido, que é a alma do partido(...) todos os núcleos do MDB que representam a conexão do MDB com a base da sociedade estão trabalhando e determinados com essa candidatura”, disse.

Baleia também disse ter uma parceria sólida com o governador de São Paulo Rodrigo Garcia (PSDB). Candidato à reeleição, Garcia apostou em um nome do União Brasil para a vice, e dedicou a vaga da chapa ao Senado ao MDB. “Nós aceitamos esse desafio de indicar (o ex-secretário municipal) Edson Aparecido (MDB) para ser o nosso senador”, afirmou Rossi.



Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Publicidade