PUBLICIDADE

"Se mexer no teto, temos de mexer no chão", diz petista

Walter Pinheiro vai defender na reunião da bancada do partido mudanças em alguns dispositivos da reforma da Previdência

PUBLICIDADE

Por Agencia Estado
Atualização:

include "$DOCUMENT_ROOT/ext/eleicoes2002/governolula/ticker.inc"; ?> O deputado Walter Pinheiro (PT-BA) vai defender na reunião da bancada do PT na Câmara, marcada para a tarde desta quarta-feira, alterações de alguns pontos da reforma da Previdência, já que os líderes dos partidos e o presidente da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), estão negociando com o Poder Judiciário mudança no subteto salarial dos desembargadores para atender à reivindicação dos magistrados. "Ao negociar com o andar de cima, obrigatoriamente tem de abrir negociação com o andar de baixo. Se mexer no teto, temos de mexer no chão", argumentou Pinheiro. O deputado defende mudanças nos dispositivos do parecer do relator, José Pimentel (PT-CE), que tratam das pensões, das regras de transição, da taxação dos inativos, dos fundos de pensão e de um texto mais claro sobre a integralidade dos salários dos atuais servidores públicos e da paridade (extensão aos inativos dos reajustes salariais dos servidores da ativa).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.