CONTEÚDO PATROCINADO

Obras na Santo Amaro trarão melhorias; veja rotas alternativas

Trecho de 2,5 km, entre a Avenida dos Bandeirantes e a Juscelino Kubitschek, passa por revitalização; pista de carros perde uma faixa, recomendação é usar desvios sugeridos

PUBLICIDADE

Por Prefeitura de São Paulo
3 min de leitura

Durante os próximos 18 meses, quem passar pelos 2,5 km da Avenida Santo Amaro entre as avenidas Juscelino Kubitschek e dos Bandeirantes vai se deparar com obras no local. Os ônibus continuam usando o corredor, mas a pista de carros perde uma faixa. A recomendação é que o motorista evite o trecho.

Depois de pronta a revitalização, a mobilidade do trecho vai melhorar principalmente para passageiros de transportes públicos e pedestres, com corredor de ônibus com pavimentação de concreto e pontos para ultrapassagem, paradas de ônibus posicionadas para melhor o acesso, calçadas mais largas e acessíveis.

O trecho também terá canteiro central arborizado, novo mobiliário urbano, sinalização renovada e mais área verde, com projeto de paisagismo e iluminação com tecnologia de LED, além do enterramento de toda a fiação. Mais árvores e menos postes. O novo desenho vai oferecer mais segurança, agilidade no transporte e pedestres nos passeios, fomentando o comércio local.

Continua após a publicidade

Avenida Santo Amaro hoje... 
...e a projeção de como ficará após revitalização 

Ônibus mais rápido e seguro

Continua após a publicidade

Com faixas mais largas, pontos para ultrapassagem entre os ônibus e faixa de rodagem mais moderna e sem buracos, a expectativa é que nesse trecho da Santo Amaro a velocidade média suba mais de 10 km/h.

Segundo a SPTrans, a velocidade média dos ônibus no local era de 21 km/h em maio de 2022 no sentido Centro, no período da manhã. Apenas como título de comparação, no mesmo período, o Expresso Tiradentes, na Zona Leste, registrou velocidade média no pico da manhã de 30 km/h no sentido Centro.

Estamos em obras

Continua após a publicidade

Durante esses 18 meses, não haverá interdição total da via, apenas parcial. De acordo com a Companhia de Engenharia e Tráfego (CET), não haverá deslocamento do tráfego de ônibus para avenidas paralelas, por isso as obras são feitas em trechos.

Nesta primeira etapa, a interdição parcial ocorre no trecho entre a Avenida Juscelino Kubitschek e a Rua Afonso Braz, sendo sempre uma faixa por sentido.

Como recomendação aos que queiram desviar, a sugestão para quem vai no sentido Centro, atualmente, é seguir à direita na Avenida Hélio Pellegrino, seguir em frente na Rua Inhambu, virar à esquerda na Avenida República do Líbano e seguir a orientação até a Avenida Brigadeiro Luís Antônio, optando por virar à direita para o Centro ou retornar à Santo Amaro virando à esquerda.

Continua após a publicidade

Para quem vai pela Avenida São Gabriel para o sentido do bairro há duas opções. A primeira dica é contornar a Praça Dom Gastão Liberal Pinto até acessar o trecho inicial da Avenida Santo Amaro no sentido bairro, seguir em frente na Avenida Juscelino Kubitschek, virar à esquerda na Rua Prof. Atílio Innocenti, à esquerda na Avenida Hélio Pellegrino e à direita na Avenida Santo Amaro.

Outra opção é à direita na Rua Joaquim Floriano, à esquerda na Rua João Cachoeira e à direita na Avenida Juscelino Kubitschek, à esquerda na Rua Prof. Atílio Innocenti, à esquerda na Avenida Hélio Pellegrino e à direita na Avenida Santo Amaro.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) recomenda que os motoristas e pedestres respeitem sempre a sinalização. E pede para os motoristas que estejam precisando de informação na região que o façam de forma a não comprometer a fluidez do trânsito.

Continua após a publicidade

PMSP/Divulgação