PUBLICIDADE

Brasil registra queda em casos de doenças transmitidas pelo 'Aedes'

Houve redução em registros de dengue, zika e chikungunya em janeiro deste ano, se comparado com o mesmo período do ano passado

PUBLICIDADE

O mosquito 'Aedes aegypti' é transmissor do zika, da dengue e da chikungunya Foto: James Gathany/CDC/AP

BRASÍLIA - O Brasil registrou uma queda significativa de casos de dengue, zika e chikungunya neste ano em comparação com o mesmo período de 2016. Foram contabilizados em janeiro 21.174 pacientes com dengue. A marca é 10 vezes menor do que o notificado ano passado: 212.510 casos. 

PUBLICIDADE

A chikungunya, por sua vez, foi responsável por 3.754 notificações, bem menos do que os 15.420 reportados em 2016. A zika causou 316 infecções. Em janeiro do ano passado, haviam sido contabilizados 30.683 registros. 

De acordo com o Ministério da Saúde, os números apresentados no boletim deste ano poderão ser atualizados. Não há, no entanto, expectativa da pasta de que haja uma mudança muito significativa dos indicadores apresentados nesta sexta. 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.