PUBLICIDADE

Presidente da Câmara prevê votação rápida

Marco Maia diz que tendência é liberar propriedades de até 4 módulos fiscais da exigência de manter reserva, 'mesmo que governo não concorde'

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Segundo Maia, o relator, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), continua debatendo com líderes apenas detalhes da redação do texto. “Não há mais discussão de mérito, mas apenas sobre como colocar no papel o que foi acordado”, afirmou.

PUBLICIDADE

Sobre a reserva legal em pequenas propriedades, o último ponto de divergência entre governo e relator, Maia destacou que o “consenso na Câmara é para proteger as propriedades de até quatro módulos fiscais, mesmo que o governo não concorde”.

De acordo com o presidente, para dar garantias aos produtores rurais, o governo aceitou resolver por meio de decreto situações específicas que fiquem de fora do novo código.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.