Infográficos

Uma emergência esquecida

Um ano depois do Ministério da Saúde decretar emergência em saúde pública por causa de um surto de microcefalia associado ao vírus zika, crianças nascidas com a má-formação ainda enfrentam dificuldades para ter acesso ao tratamento de reabilitação. Para mostrar os impactos da microcefalia na vida das famílias, o Estado acompanhou de perto os primeiros 12 meses de vida de quatro bebês de Pernambuco e São Paulo afetados pela epidemia. Nascidos entre setembro e novembro do ano passado, Alessandro, Laura, Matheus e Pérola foram vítimas da síndrome congênita do zika e sofrem com problemas motores, visuais e auditivos

Fabiana Cambricoli, Gabriela Biló

06 Novembro 2016 | 06h16

Mais conteúdo sobre:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.