Ao Vivo

Estadão

Paul McCartney encerra turnê no Brasil com a segunda apresentação em SP

Em show da turnê 'Out There!', ex-Beatle mescla clássicos e novas canções

Apresentação faz parte da turnê 'Out There'. Esta é a 19ª passagem de Macca no Brasil desde 1990, quando ele se apresentou no Maracanã, no Rio de Janeiro.

ACOMPANHE AO VIVO

Atualizar
  • 00h29

    27/11/2014

    Encerramos aqui a transmissão ao vivo dos shows de Paul McCartney em São Paulo. Obrigado por nos acompanhar!

    Leia a matéria de João Paulo Carvalho sobre o show desta quarta-feira, 26.

    Para usar uma frase menos inspirada do próprio Beatle, "até a próxima!".

    José Patricio/Estadão

  • 00h21

    27/11/2014

    Paul McCartney encerrou sua segunda apresentação na capital paulista como na noite anterior, sem mudar o repertório. A única alteração foi a entrada de 'Get Back' no lugar de 'Hi, Hi, Hi'. 'Yesterday' deu o tom de despedida e o medley do 'Abbey Road' (1969), 'Golden Slumbers', 'Carry That Weight' e 'The End' tratou de dar fim à apresentação de Macca no País. (João Paulo Carvalho - O Estado de S. Paulo)

  • 00h11

    27/11/2014

    Paul McCartney usou e abusou das gírias tipicamente paulistanas durante sua segunda apresentação em São Paulo na noite desta quarta-feira, 26. "É nois, mano" e "Beleza" foram algumas das expressões utilizadas pelo ex-Beatle. (João Paulo Carvalho - O Estado de S. Paulo)

  • 00h09

    27/11/2014

    Paul recebeu fãs no palco vestidos de personagens do Sargent Pepper's. As três garotas levaram um casaco para o Beatle, que assinou e devolveu para as fãs. (Julio Maria - O Estado de S. Paulo)

  • 00h04

    27/11/2014

    Depois do final de Hey Jude, antes da volta de Paul para o primeiro bis, um grupo da área premium começou a gritar 'Timão!'. Torcedores do Palmeiras responderam com 'E dá-lhe, porco!'. O clima ficava pesado quando Paul voltou com Day Tripper. (Julio Maria - O Estado de S. Paulo)

  • 00h03

    27/11/2014

    As únicas músicas que foram incluídas no segundo show foram Magical Mystery Tour (no lugar de Eight Days a Week) e Get Back (no lugar de Hi, Hi, Hi). (João Paulo Carvalho - O Estado de S. Paulo)

  • 00h00

    27/11/2014

    Depois de cantar Hey Jude com o público em coro no 'nanananá', Paul e a banda encenaram um fim de show mas logo retornaram com bandeiras do brasil em punho e engataram Day Tripper. (Adriana Del Ré - O Estado de S. Paulo)

  • 23h37

    26/11/2014

    Depois de cantar Being For The Benefit of Mr. Kite, Paul perguntou, em inglês, se o português dele estava bom, para em seguida dedicar, em português, a música para seu amigo George Harrison (atencioso, ele logo tratou de corrigir 'minha' por 'meu amigo' na hora de anunciar o tributo). Something é sempre uma homenagem tocante que Paul faz em seus shows. (Adriana Del Ré - O Estado de S. Paulo)

  • 23h30

    26/11/2014

    Paul ainda teve tempo para dar uma sambadinha à la Brasil em And I Love Her e brincar com um trejeito bem famoso dos paulistanos: "É nóis, mano", disse o ex-beatle antes de tocar I've Just Seen a Face e We Can Work It Out. (João Paulo Carvalho - O Estado de S. Paulo)

  • 23h08

    26/11/2014

    O preço do final da temporada no Brasil aliado aos 72 anos de idade e às tonalidades altíssimas que Paul usa desde os anos de beatle para cantar músicas como Helter Skelter aparece nos detalhes. Paul, ao contrário do que juram seus fãs, é mortal. E sua voz também pode falhar. Na segunda noite de São Paulo, ela desafinou ou não atingiu notas ao menos uma vez em canções como Let Me Roll It, Paperback Writer, Maybe I'm Amazed e And I Love Her. (Julio Maria - O Estado de S. Paulo)

    José Patrício/Estadão

  • 22h51

    26/11/2014

    Depois de cantar a clássica balada And I Love Her, Paul aceitou uma rosa jogada no palco por uma fã. (Adriana Del Ré - O Estado de S. Paulo)

  • 22h36

    26/11/2014

    Paul voltou a homenagear seus amores: My Valentine, endereçada a Nancy, a atual mulher, e Linda McCartney em Maybe I'm Amazed. (Adriana Del Ré - O Estado de S. Paulo)

  • 22h26

    26/11/2014

    Você ouve Paul como um recital, esperando aquela e aquela e mais aquela. Nas cadeiras inferiores, a reverência ao ex-Beatle é enorme. Olhos grudados em seus movimentos, atenção máxima em sua voz. Gestos contidos da plateia. A voz de Paul chega cada vez mais limpa. Ele vai tocar aquela. (Robson Morelli - O Estado de S. Paulo)

  • 22h14

    26/11/2014

    Sob forte chuva, Paul subiu ao palco às 21h47, cantando, como se esperava, Magical Mystery Tour. Ele já esbanjou seu português, entre 'boa noite, sampa' e 'esta noite vou tentar falar um pouco de português, mas meu inglês é bem melhor, tá ligado?'. (Adriana Del Ré - O Estado de S. Paulo)

  • 22h11

    26/11/2014

    Paul McCartney na Arena do Palmeiras na noite desta quarta-feira, 26. Beatle mudou de ontem pra hoje e abriu com Magical Mistery Tour.

    Foto: José Patrício/Estadão

    José Patrício/Estadão

Estadão Blue Studio Express

Conteúdo criado em parceria com pequenas e médias empresas. Saiba mais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.