Conteúdo Patrocinado

Para combater o racismo estrutural, o comprometimento das empresas é fundamental

Mondelez Brasil desenvolve uma série de ações internas e externas de conscientização e de promoção da equidade

PUBLICIDADE

Por Mondelez e Estadão Blue Studio
3 min de leitura

Equidade é uma diretriz que percorre todas as iniciativas e políticas da Mondelez Brasil – sejam as que se relacionam ao mercado, sejam aquelas voltadas ao público interno. Valorizar a diversidade é uma mensagem positiva para a sociedade e faz parte da missão de uma empresa que está presente em 92% dos lares brasileiros, por meio de marcas como Lacta, Club Social, Oreo, Bis, Tang e Trident. “Temos o compromisso de refletir a diversidade no mundo em que operamos”, diz Robert Sena, líder do Comitê Genus.

O Comitê Genus foi criado para aumentar o senso de pertencimento e promover um fórum permanente de discussão, dentro da Mondelez Brasil, sobre a questão racial. Composta atualmente por 28 integrantes, a iniciativa envolve o planejamento de ações práticas e estratégicas, a exemplo de capacitações, aceleração de carreiras, processos de recrutamento e eventos internos e abertos à comunidade. Há também um Grupo de Afinidade, que funciona como espaço seguro para a troca de experiências entre pessoas negras (pretas e pardas).

Leia também

Conectado à estratégia de diversidade equidade e inclusão, este ano a Mondelez Brasil lançou a segunda edição do programa de liderança Mondelíderes que, destinou 100% das vagas para pessoas pretas e pardas. O programa visa preparar novos líderes para aumentar sua representatividade nos quadros da empresa. A companhia disponibiliza, também, um canal de apoio às denúncias para combater qualquer forma de discriminação, adotando uma política de tolerância zero.

Continua após a publicidade

Conectado à estratégia de diversidade equidade e inclusão, este ano a Mondelez Brasil lançou a segunda edição do programa de liderança Mondelíderes que, destinou 100% das vagas para pessoas pretas e pardas Foto: Divulgação/Mondelez

Promover um ambiente de trabalho inclusivo é uma estratégia que a Mondelez Brasil vê como essencial para fortalecer sua cultura organizacional. Uma das ações mais importantes é a parceria com o Mover (Movimento pela Equidade Racial), organização sem fins lucrativos que reúne 49 empresas de diversos setores da economia comprometidas em reconhecer o racismo estrutural no Brasil e combatê-lo com o objetivo de reduzir a desigualdade racial. “Sabemos que as empresas individualmente têm um impacto limitado, mas, quando atuamos em conjunto, podemos alcançar resultados muito mais expressivos”, observa Robert Sena.

Responsabilidade coletiva

Continua após a publicidade

Lançado em 2021, o movimento foi presidido nos dois primeiros anos pelo presidente da Mondelez Brasil, Liel Miranda, que continua fazendo parte do Conselho Deliberativo. O trabalho do Mover inclui o compartilhamento de boas práticas e aceleração dos processos já em curso nas empresas, além do investimento social coletivo voltado à criação de impacto positivo na educação, na conscientização da sociedade quanto ao racismo e na geração de emprego. Uma das metas é criar 3 milhões de oportunidades de trabalho e mais 10 mil vagas em cargos de liderança para profissionais negros.

Os números demonstram que a Mondelez Brasil está no caminho certo para alcançar os objetivos de diversidade. Todas as lideranças da empresa passam pelo chamado “letramento racial”, conscientização sobre a estrutura de funcionamento do racismo na sociedade brasileira e sobre formas de identificar e combater atitudes racistas.

A empresa atua também para fomentar oportunidades em toda a sua cadeia de valor. Um exemplo é o programa Investir com Propósito, que apoia empresas fornecedoras e parceiras lideradas por representantes da diversidade brasileira. Esse programa já envolveu investimentos acima de R$ 1 bilhão nos últimos dois anos. “É essencial conscientizar a sociedade de que essa pauta não se limita a determinados grupos ou entidades governamentais, mas é uma responsabilidade coletiva, que requer o envolvimento de todos”, diz o líder do Comitê Genus e do programa Investir com Propósito no Brasil. “Na Mondelez Brasil, nossa estratégia de diversidade, equidade e inclusão vai além da cadeia interna. Também nos concentramos em fortalecer fornecedores diversos, gerando um impacto social positivo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.