CONTEÚDO PATROCINADO

Red Hat abre novo escritório em São Paulo com foco no bem-estar das pessoas

Líder global em soluções open source inaugura sede na Avenida Faria Lima, atenta à flexibilidade e às novas relações de trabalho

Publicidade

PUBLICIDADE

Por Red Hat
5 min de leitura
Colaborador pode trabalhar no lugar que desejar, seja nas estações, sofás, cabines de telefone ou mesmo nos cafés. Foto: Divulgação/ Red Hat

A Red Hat, empresa líder global em soluções open source, acaba de inaugurar seu novo escritório em São Paulo, com foco no bem-estar das pessoas. Para isso, foi pensado um local com ambiente de trabalho moderno, inovador e colaborativo, com ferramentas de última geração que favoreçam a integração e criatividade dos times. 

A sede fica no Edifício Birmann 32 (ou B32, como é conhecido), na Avenida Faria Lima, em São Paulo, que já se tornou ícone na cidade pela escultura Baleia Prateada na praça frontal. O espaço foi planejado com base no conceito de Future of Work (FOW) - alia a última palavra em design e flexibilidade para acolher e fortalecer os verdadeiros atores da transformação digital: as pessoas. A cultura open, que faz parte do DNA da Red Hat, está presente na configuração de todos os ambientes e também nas obras de arte do artista plástico paulista Ciro Schu, escolhidas em votação pelos próprios colaboradores.

Continua após a publicidade

Novo escritório fica no prédio da Faria Lima conhecido pela escultura Baleia Prateada na praça frontal. Foto: Divulgação/ Red Hat

No novo modelo, a maioria dos colaboradores não tem lugares fixos. Quando estão no escritório, todos podem escolher onde querem trabalhar com base em suas agendas e nas tarefas do dia. As opções incluem as estações de trabalho das áreas de cada equipe, ou mesmo sofás, cabines ou cafeterias.

"Nossa cultura colaborativa contribuiu para que esse futuro chegasse para todos nós um pouco mais cedo. Com a expansão acelerada de nossos negócios na pandemia e o modelo híbrido cada vez mais consolidado, conseguimos transformar conceitos e valores em um novo espaço físico que privilegia a essência da Red Hat, aberta e transparente, com foco no bem-estar das pessoas e na excelência de nossas soluções e serviços", afirma Gilson Magalhães, presidente da Red Hat Brasil.

Continua após a publicidade

Atenção aos detalhes

O escritório conta com duas cafeterias, uma em cada um dos dois andares, com vista panorâmica, sala para videogame, wellness room para quick massage (a empresa oferece uma sessão por semana a cada colaborador) e espaço para amamentação.

Continua após a publicidade

A Red Hat disponibiliza ainda café da manhã todas as terças e quintas, além de uma ampla variedade de snacks e drinks oferecidos diariamente, de maneira gratuita, incluindo opções para restrições alimentares (zero açúcar, zero lactose, sem glúten). 

Decoração foi feita com materiais de consumo recicláveis e não agressivos ao meio ambiente. Foto: Divulgação/ Red Hat

Os cuidados se estenderam à ergonomia, com móveis e cadeiras de última geração para garantir conforto máximo, e à sustentabilidade, com o uso de materiais de consumo recicláveis e não agressivos ao meio ambiente. Um dos prédios mais modernos da cidade, o próprio edifício é autossustentável na geração de energia elétrica por meio do reúso de água, com ar-condicionado de alta performance e vidros com tratamento térmico e acústico.

Continua após a publicidade

Para Tatiane Almeida, diretora de Recursos Humanos da Red Hat para a América Latina, uma palavra define o conceito Future of Work para a empresa: flexibilidade. "Antes da pandemia, mais de 30% de nossos colaboradores em todo o mundo já trabalhavam remotamente. O que fizemos agora foi expandir esse conceito. Com foco nas pessoas, na qualidade de vida, na colaboração, nossa abordagem não apenas expande a flexibilidade dos colaboradores, mas também aumenta a confiança, devolve o tempo e oferece liberdade para adaptar o dia a dia de cada um às necessidades do trabalho e da família", ressalta.

Sede fica no Edifício Birmann 32 (ou B32, como é conhecido), na Avenida Faria Lima. Foto: Divulgação/ Red Hat

Essa preocupação com o bem-estar e com o equilíbrio pessoal e profissional dos colaboradores também se reflete em uma flexibilidade maior do home office e do trabalho híbrido (casa + escritório), podendo o colaborador escolher quando e de onde quer trabalhar, com a certeza de que desfrutará de um espaço convidativo e aberto, dois grandes pilares do DNA da Red Hat, nos momentos de convivência no escritório, com ferramentas de tecnologia acessíveis para todas as necessidades diárias.

Continua após a publicidade

"Hoje é fundamental que o convívio seja agradável, divertido e produtivo. Cada colaborador pode trabalhar no lugar que desejar, seja nas estações, sofás, cabines de telefone ou mesmo nos cafés, com ferramentas de tecnologia acessíveis para tudo o que cada um precisa para otimizar seu dia a dia", afirma Claudia Jarró, diretora de Operações WorkPlace da Red Hat na América Latina.

No novo espaço, a maioria dos colaboradores não tem lugares fixos. Foto: Divulgação/ Red Hat
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.