Infográficos

Sem lei que cite quantidades, polícia dá destinos diversos a flagrados com droga

Lei de Drogas de 2006 não prevê parâmetros objetivos para que uma quantidade de drogas seja considerada tráfico. Com isso, costuma prevalecer o entendimento do policial, que varia entre delegacias e é mais tolerante com suspeitos com maior escolaridade. STF julgará artigo da lei em junho e pode mudar aplicação

Reportagem: Marco Antonio Carvalho / Dados: Cecília do Lago (com base em estudo da ABJ) / Design: Bruno Ponceano / Desenvolvimento: Ariel Tonglet

30 de março de 2019 | 18h30

Mais conteúdo sobre:

Estadão Blue Studio Express

Conteúdo criado em parceria com pequenas e médias empresas. Saiba mais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.