Britânica Pace faz oferta por Motorola Home, do Google

A fabricante britânica de decodificadores para televisão Pace fez uma proposta inicial ao Google para adquirir sua produtora de decodificadores Motorola Home.

KATE HOLTON E ALEXEI ORESKOVIC, Reuters

11 Dezembro 2012 | 18h19

"As discussões com o Google estão atualmente em estágio preliminar e não há certeza de que qualquer acordo abrangendo qualquer transação", disse a Pace em comunicado na segunda-feira.

A oferta é uma das várias propostas pela unidade, incluindo de companhias de private equity, que o Google recebeu na sexta-feira, de acordo com uma fonte próxima à situação.

O Google adquiriu a Motorola Home como parte de sua aquisição por 12,5 bilhões de dólares da Motorola Mobility, que foi amplamente motivada por um desejo de incrementar seu grande portfólio de patentes de comunicações.

Desde que comprou a Motorola, o Google tomou medidas para reformular suas operações deficitárias de celulares, dando sinais de que estava menos interessada nas operações de decodificadores para televisão.

"É um bom negócio, mas não é central para o Google", disse o analista Brian Wieser, do Pivotal Research Group.

A Motorola e a Scientific Atlanta, da Cisco, dominam o mercado norte-americano de decodificadores para televisões e de infraestrutura que possibilita a transmissão de sinais de vídeo para os aparelhos, disse Wieser.

Ele estimou que a venda da Motorola Home pode levantar "bilhões" de dólares, dependendo de como a operação for estruturada, como por exemplo, se as patentes forem incluídas.

Mais conteúdo sobre:
TECH PACE MOTOROLAHOME*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.