Cientistas acham 3 mil pegadas de dinossauro na China

Marcas, que apontam para mesma direção, sugerem migração ou debandada de pelo menos seis espécies de dinossauros.

BBC Brasil, BBC

06 Fevereiro 2010 | 14h15

Arqueólogos chineses disseram ter descoberto mais de 3 mil pegadas de dinossauro, todas apontando para a mesma direção.

As marcas, que os cientistas acreditam terem sido deixadas por seis tipos diferentes de dinossauros há mais de 100 milhões de anos, foram encontradas na província de Shandong, no leste do país.

Elas variam de 10 cm a 80 cm e pertencem a várias espécies, como o tiranossauro, o hadrossauro e o celurosauro.

Segundo a agência de notícias oficial da China, Xinhua, os arqueólogos crêem que as pegadas representam uma migração ou uma tentativa em pânico de escapar de predadores.

As marcas foram descobertas em uma vala localizada em uma encosta de rochas de cerca de 2,6 mil metros quadrados. Foram necessários três meses de trabalhos de escavação para chegar até o sítio arqueológico.

Fósseis de dinossauros foram encontrados em cerca de 30 sítios arqueológicos na área de Zhucheng - tanto que a cidade de Zhucheng é também conhecida como "a cidade dos dinossauros". BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.