1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

Dilma vê vitória contra impunidade em júri do Carandiru

JOSÉ ROBERTO CASTRO - Agência Estado

03 Abril 2014 | 10h 06

A presidente Dilma Rousseff comentou, nesta quinta-feira, 3, em seu Twitter, o resultado do julgamento do massacre do Carandiru. Segundo a presidente, o fim do julgamento representa uma vitória contra a impunidade. "O julgamento do Carandiru, com amplo direito de defesa e dentro das regras do Estado de Direito, representa uma vitória contra a impunidade", escreveu Dilma.

O massacre do Carandiru aconteceu em 2 de outubro de 1992 quando a polícia invadiu o presídio para conter uma rebelião e matou 111 detentos. O maior júri da história do País terminou ontem com a condenação de mais 15 policiais militares. No total, 73 PMs foram condenados. A soma das penas chega a 20.876 anos. Todos vão recorrer em liberdade.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo