Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Geral » Minério na China cai perto da mínima do ano por fraca demanda da indústria

Estadão

Estadão

MINERIO

Minério na China cai perto da mínima do ano por fraca demanda da indústria

Os preços do minério de ferro no mercado à vista na China caíram, aproximando-se da mínima do ano, com o fraco interesse por carregamentos em meio à desaceleração da demanda, enquanto os contratos futuros recuaram nesta segunda-feira ao menor nível desde que foram lançados.

0

REUTERS

25 Agosto 2014 | 13h06

O minério de ferro à vista é negociado, atualmente, perto da mínima de 89 dólares a tonelada e um novo declínio levaria ao valor mais baixo desde setembro de 2012, com as grandes mineradoras elevando ainda mais a oferta em tentativa para tirar os pequenos produtores.

O minério para entrega imediata na China <.IO62-CNI=SI> caiu 1 por cento, para 89,20 dólares nesta segunda-feira.

Nos futuros, o contrato mais negociado, base janeiro, na Dalian Commodity Exchange <DCIOcv1> tocou 639 iuanes (104 dólares) a tonelada, no valor mais baixo desde seu lançamento em outubro, para fechar o dia a 645 iuanes.

"Quando os preços caem tão rápido, as siderúrgicas chinesas tendem a esperar para ver e a atividade de compras pode desacelerar. A oferta ainda é enorme e temos visto várias ofertas de mineradoras, grandes siderúrgicas e operadores", disse um operador do minério de Xangai.

As grandes siderúrgicas chinesas têm revendido cargas excedentes de seus contratos de longo prazo com fornecedores, em meio a um excedente global, que deve atingir 72 milhões de toneladas neste ano, segundo o Goldman Sachs, e com um salto para 323 milhões de toneladas em 2018.

(Por Manolo Serapio Jr)

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.