Uso de Facebook durante ausência do trabalho causa demissão na Suíça

Mulher é demitida depois de se ausentar do trabalho alegando estar doente demais para usar computador.

BBC Brasil, BBC

27 Abril 2009 | 08h03

Uma mulher foi demitida na Suíça por usar o site de relacionamentos Facebook depois de se ausentar do trabalho alegando estar muito doente para usar um computador.

A mulher - cujo nome não foi divulgado - estava sofrendo de enxaqueca e disse aos seus chefes na seguradora Nationale Suisse que precisava se deitar em um quarto escuro.

A empresa disse que a descoberta de que ela estava usando o Facebook enquanto deveria estar repousando destruiu sua confiança na funcionária e motivou sua demissão.

A mulher, no entanto, afirmou a um jornal suíço que é inocente e que estava acessando a internet a partir de seu iPhone, deitada na cama.

A funcionária disse ainda não acreditar na versão da empresa de que uma colega teria notado que ela estava usando o site de relacionamentos, e acusa a Nationale Suisse de ter usado truques para espioná-la.

Segundo ela, a empresa criou um perfil fictício no Facebook que se tornou "amigo" dela, permitindo que a empresa monitorasse sua atividade online.

Suas suspeitas se iniciaram quando o "amigo" sumiu de sua página repentinamente, depois que ela foi demitida, segundo ela contou ao site de notícias 20 Minuten.

Mas a empresa afirma que seguiu uma lógica simples: a de que aqueles que estão em condições de usar o Facebook enquanto sofrem de enxaqueca, também estão em condições de trabalhar com enxaqueca.

Esta não é a primeira vez que o site de relacionamentos causa polêmica em locais de trabalho. Algumas empresas proibiram seu uso, enquanto outras demitiram funcionários por fazer comentários sobre o trabalho em suas páginas. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.