Adolescente é detido por atear fogo em 3 hectares no MT

Um adolescente de 13 anos foi detido hoje acusado de atear fogo em quase três hectares de uma área particular, em perímetro urbano em Campo Grande, em Mato Grosso do Sul. Segundo a Polícia Militar Ambiental, o fogo atingiu a área de vegetação do Lar Mãe Mariana, no bairro Estrela do Sul, matando animais silvestres como gambá e preá, além de destruir árvores de grande porte, caso das aroeiras. Vizinhos informaram que viram o momento em que o jovem ateou fogo na vegetação que, devido ao tempo seco, se espalhou rapidamente. O fogo foi contido pelos próprios moradores, que também detiveram o rapaz até que a polícia chegasse ao local.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

16 de agosto de 2011 | 14h32

Os policiais localizaram o pai do adolescente e o conduziram à Delegacia de Polícia Civil, juntamente com o filho para as providências criminais. O jovem responderá pelo ato infracional e o pai, pela corresponsabilidade pelo crime. O pai terá, ainda, de pagar fiança no valor de R$ 15 mil. A pena para quem provoca incêndio em matas ou florestas é de dois a quatro anos de reclusão. Segundo a polícia ambiental, os dois foram liberados após terem prestado depoimento.

Tudo o que sabemos sobre:
políciaprisãojovemfogoMT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.