Agência Espacial Européia passa a abastecer o Google Earth

A Agência Espacial Européia (ESA) e a companhia Google Inc. fecharam um acordo para que imagens de fenômenos naturais e monumentos construídos pelo homem, feitas por um satélite europeu, passem a compor o acervo do popular software de mapeamento da Terra Google Earth. As imagens, coletadas pelo satélite de monitoramento ambiental Evisat, serão incluídas na caixa de "featured content" do Google Earth, e permitirão que os usuários tenham uma visão mais detalhada de fenômenos como o florescimento do plâncton ao largo da costa irlandesa."O conjunto foi escolhido especificamente para dar aos usuários do Google Earth a possibilidade de viajar pelo planeta com o ponto de vista de um pássaro, e obter uma perspectiva diferente e uma apreciação do planeta, testemunhando tanto seu esplendor quanto suas fragilidades", disse o diretor dos Programas de Observação da Terra da ESA, Volker Liebig.Ele disse que as imagens já estão disponíveis. O software Google Earth é gratuito.O Evisat foi lançado em 2002, e usa um radar para mapear o solo, o perfil das ondas do mar e o gelo, monitorar as formas de ocupação do solo e avaliar os diferentes tipos de vegetação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.