BCE vai fornecer liquidez necessária aos mercados--Praet

O Banco Central Europeu (BCE) vai fornecer liquidez necessária para os mercados funcionarem de maneira efetiva e para ajudar a frágil economia da zona do euro, afirmou o membro Peter Praet nesta terça-feira.

Reuters

29 de janeiro de 2013 | 10h16

Instituições financeiras decidiram antecipar o pagamento de 137 bilhões de euros ao BCE de um total de mais de 1 trilhão de euros em linhas de financiamento de 3 anos.

Praet afirmou que os bancos podem contar com o BCE para fornecer liquidez e para reparar a fragmentação nos mercados.

"Estaremos vigilantes para garantir que... as condições gerais de liquidez que prevalecerem no mercado de dinheiro vai continuar consistente com o grau de acomodação que o cenário atual de preços e atividade real garantirem", afirmou Praet de acordo com o texto do discurso a ser lido no Encontro Dinamarquês Anual de Executivos Top.

Segundo ele, elevar a meta de inflação do BCE para permitir mais flexibilização monetária seria um tiro no pé já que afetaria a credibilidade da autoridade monetária e causaria mais danos à economia do que ajuda de curto prazo.

Praet afirmou que, devido à fragmentação do mercado na zona do euro, dar diretrizes de longo prazo para a taxa de juros não funcionaria do mesmo modo como ocorre nos Estados Unidos.

"(Na zona do euro, é) mais apropriado encorajar condições para uma distribuição mais equilibrada da provisão de liquidez bastante permissiva", afirmou.

(Reportagem de Johan Ahlander)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.