BID libera US$ 3,37 mi para Rodoanel Norte, diz Dersa

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) liberou o primeiro desembolso para o governo paulista para a construção do trecho Norte do Rodoanel Mário Covas. A primeira parcela totaliza US$ 3,37 milhões, do empréstimo de US$ 1,15 bilhão destinados à obra e, de acordo com nota da Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa), será utilizada para ressarcir gastos com o projeto da estrada. As obras devem começar no mês que vem.

WLADIMIR DANDRADE, Agência Estado

18 Dezembro 2012 | 19h09

O trecho norte do Rodoanel terá 44 quilômetros de extensão e atravessa os municípios de São Paulo, Guarulhos e Arujá. Começa na confluência com a Avenida Raimundo Pereira Magalhães, antiga estrada Campinas/São Paulo (SP-332), e termina na intersecção com a Rodovia Presidente Dutra (BR-116). Segundo a Dersa, o trecho prevê acesso à Rodovia Fernão Dias (BR-381) e ligação exclusiva com o Aeroporto Internacional de Guarulhos.

O governo do Estado estima que pelo Rodoanel Norte passarão, diariamente, 65 mil veículos, sendo 30 mil caminhões. O empréstimo junto ao BID foi obtido com juros de 0,8% ao ano, diz o comunicado da Dersa.

Mais conteúdo sobre:
Rodoanel Norte BID liberação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.