Carros clássicos de 'chefão' da Fórmula 1 vão a leilão; veja

Bernie Ecclestone se desfaz de 50 carros antigos de sua coleção em Londres.

BBC Brasil, BBC

31 de outubro de 2007 | 09h50

Um leilão de carros clássicos, em Londres, vai ter entre seus mais cobiçados lotes desta quarta-feira vários automóveis saídos da garagem de Bernie Ecclestone, o homem-forte da Fórmula 1.O mais valioso deles, um Mercedes 540K Spezial Roadster de 1937, deve ser arrematado por 4 milhões de libras (o equivalente a cerca de R$ 14 milhões de reais).Outras máquinas das quais Ecclestone resolveu se desfazer são um Rolls-Royce Phantom II Continental Faux Cabriolet de 1933, estimado em 300 mil libras (R$ 1,1 milhão), uma Ferrari 250 GT Europa de 1954, valendo 400 mil libras (R$ 1,5 milhão), e um Mercedes SS Sports Tourer de 1929, que deve ser arrematado por 900 mil libras (R$ 3,3 milhões).A venda de 50 dos carros que Bernie Ecclestone colecionou ao longo da vida - desde os tempos em que era um vendedor de automóveis, nos anos 50 - gerou especulações nos jornais britânicos.O The Times diz que ele estaria "refinando" sua coleção, mas afirma que, na opinião de especialistas, a venda é uma manobra para não perder dinheiro com uma possível desvalorização dos carros.Além dos automóveis de Ecclestone, estarão à venda outras duas valiosas coleções: uma pertence ao italiano Giuseppe Prevosti e a outra ao colecionador brasileiro Abba Kogan.Kogan nasceu na China, estudou nos Estados Unidos e viveu 20 anos no Brasil, adotando a cidadania brasileira.Só um dos automóveis de sua coleção, um Delage 15-S-8 Grand Prix de 1927, deve chegar perto da marca dos 2 milhões de libras (R$ 7 milhões). O carro é um exemplo do tipo de máquina que atrai o colecionador."Quando mais eu pensava na tecnologia no contexto da época, mais eu me via atraído aos carros (clássicos) de corrida - nos quais elegância e beleza são encontradas nos detalhes, na natureza minimalista da grande engenharia", disse Kogan.Segundo os organizadores do leilão de carros clássicos, a empresa americana RM Auctions e a britânica Sotheby's, o evento será o maior do tipo na história da Grã-Bretanha.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.