Casamento coletivo irá unir casais da China e Taiwan

A cerimônia será no Lago Sun Moon e é uma tentativa de melhorar relações no Estreito.

Stephen Jackson, BBC

10 Julho 2008 | 10h24

Casais da China e de Taiwan foram convidados se inscrever para uma cerimônia de casamento coletiva que irá ser realizada em novembro.Trata-se da mais recente iniciativa para aproximar as relações no Estreito de Taiwan. A cerimônia coletiva será realizada em um dos pontos turísticos mais famosos de Taiwan, o Lago Sun Moon. Os organizadores do evento irão abrir vagas para 39 casais.Além disso, os casais taiwaneses serão levados para um passeio por Pequim antes da cerimônia para conhecer algumas das principais atrações da China. AproximaçãoHá apenas alguns meses, um evento dessa espécie pareceria impossível, mas as relações entre os dois lados melhoraram de maneira significativa depois da posse do novo presidente de Taiwan, Ma Ying-jeou, em maio, que prometeu estreitar os laços com a China.Ele rejeitou as políticas de seu predecessor, Chen Shui-bian, que apoiava a independência de Taiwan. Desde a posse de Ying-jeou, os dois lados tiveram sua primeira reunião oficial em quase uma década e já lançaram os primeiros vôos direto regulares entre eles desde sua separação, em 1949. O casamento coletivo será patrocinado por uma organização semi-oficial de intercâmbio da província de Guangdong, no sul da China. Na cerimônia de lançamento do projeto, a empresa afirmou ter esperança de que o evento irá aprimorar ainda mais a "atmosfera feliz no Estreito de Taiwan."BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.