China promove concurso para batizar 18 filhotes de panda

Os internautas chineses poderão batizar os18 bebês panda nascidos nos últimos meses na província de Sichuan,no centro da China, e que precisam de nomes, informa a imprensa local. No ano passado, a China registrou um "baby boom" de ursos panda,com 34 nascimentos, dos quais 18 ainda não têm nome, informa ojornal Beijing Times. Os filhotes vivem no centro de proteção e criação de pandas deChengu e, em breve, serão separados de suas mães. Os bebês têm entre 5 e 7 meses, e a partir de fevereiro começarãosua vida independente e, segundo o costume, é o momento de dar-lhesum nome. Entre o grupo, há cinco casais de gêmeos, o que é muito comumultimamente, devido ao uso das técnicas de inseminação artificialpara a reprodução em cativeiro. Além de propor nomes, os internautas deverão escolher o filhote"mais brincalhão", o "mais especial", o "mais comilão", o "maisdorminhoco" e os "melhores gêmeos". "Embora sejam pequenos, todos os filhotes são muito ativos emuito simpáticos", disse o diretor do centro, Zhang He Min, queespera que os futuros nomes sejam "civilizados e criativos" e que"representem a personalidade de cada um dos bebês". Para Zhang, batizar os ursos facilita o trabalho dosadministradores do centro e a comunicação com os animais. A iniciativa teve o apoio das redes de televisão local de Chengdue Xangai, e do portal Sina.com, um dos mais populares na China, quepublicará os nomes mais votados no dia 5 de fevereiro.

Agencia Estado,

25 de janeiro de 2007 | 14h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.