CORREÇÃO(OFICIAL)-Qualcomm desenvolverá tecnologia para 4G no Brasil

A Qualcomm irá desenvolver tecnologia para chips compatíveis com as diferentes faixas da Internet 4G no Brasil, disse na terça-feira o presidente de Mobilidade e Computação da Qualcomm, Cristiano Amon.

(CORRIGE CARGO DE EXECUTIVO, Reuters

22 de agosto de 2012 | 15h05

"Um dos compromissos que nós fizemos é o de incorporar todas as bandas que o Brasil está considerando para o 4G, não só de 700 MHz, mas de 2,5 GHz, como também o de 450 MHz para banda larga rural", disse Amon a jornalistas ao lado do presidente do Conselho de Administração e diretor-executivo da Qualcomm, Paul Jacobs, após reunião com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto.

A Qualcomm e o governo brasileiro assinaram em abril um memorando de entendimentos que previa a instalação de um centro de pesquisa e desenvolvimento focado para tablets.

Jacobs disse que as operações do centro deverão ser iniciadas a partir do primeiro trimestre de 2013, mas não revelou o total investido no local. O executivo disse que o empreendimento será na cidade de São Paulo, com a contratação de cerca de 100 pessoas, e que a primeira empresa parceira no centro é a CCE.

(Reportagem de Hugo Bachega)

Tudo o que sabemos sobre:
TELECOMQUALCOMMQUATROG*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.