Crescimento verde exige investimento, diz economista

A economia precisa voltar-se para investimentos em aumento de produtividade no uso dos recursos naturais, afirmou nesta terça-feira Thomas Heller, economista e advogado que ganhou o Prêmio Nobel da Paz em 2007 por seu ativismo em prol da redução dos impactos das mudanças climáticas.

GLAUBER GONÇALVES, MARIANA DURÃO, MÔNICA CIARELLI E VINICIUS NEDER, Agência Estado

22 Maio 2012 | 16h23

O aumento em produtividade significa fazer uma transição para um modelo de "crescimento verde", em vez de simplesmente reduzir emissões de gases de efeito estufa. "O que temos que fazer é mudar o modo de produção de um modelo extensivo, como se os recursos fossem infinitos, para um modelo intensivo em capital e altamente produtivo", disse Heller em palestra nesta terça-feira, último dia do Rio Investors Day, realizado no hotel Copacabana Palace. Para Heller, os mercados, sozinhos, não serão capazes de direcionar investimentos para o "crescimento verde", mas eles poderão ser rentáveis no longo prazo.

Mais conteúdo sobre:
ambiente economia verde Heller

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.