Crianças são deixadas em carro por cerca de 5h em SP

Três crianças foram deixadas dentro de um carro ontem pelos pais por cerca de cinco horas na região central de Jundiaí, no interior de São Paulo. Segundo informações da Polícia Militar, as crianças, de 9, 5 e 2 anos, estavam dentro de um carro estacionado. Elas ficaram presas no veículo até uma senhora passar pelo local e encontrar os menores sozinhos. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu abrir a porta do veículo. Populares deram comida e água para as crianças, que estavam famintas.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

25 de março de 2009 | 13h43

Ao retornarem, cinco horas depois, os pais confirmaram que deixaram as crianças no carro, uma delas com paralisia cerebral, de acordo com o conselho tutelar da cidade, para irem a um banco na região e que demoraram porque teriam se perdido. O casal foi levado para a Delegacia de Defesa da Mulher, acompanhado de uma conselheira tutelar, e assinou um termo de advertência e responsabilidade, comprometendo-se a não repetir o ato de displicência.

Os pais foram acusados de cometer maus-tratos e abandono de incapaz, segundo o Conselho Tutelar de Jundiaí, que entregou as crianças para o Conselho Tutelar de Francisco Morato, onde mora a família. Representantes do Conselho Tutelar de Francisco Morato não foram encontrados para informar se as crianças já estão com os pais novamente.

Mais conteúdo sobre:
criançaabandonoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.