Déficit em conta corrente sobe a US$1,738 bi em maio

O Brasil registrou em maio déficit em transações correntes de 1,738 bilhão de dólares, acima do esperado pelo mercado, segundo números do Banco Central divulgados nesta quarta-feira.

REUTERS

24 de junho de 2009 | 10h49

Em igual período do ano passado, a conta corrente havia sido deficitária em 786 milhões de dólares.

Analistas de mercado projetavam déficit de 1,35 bilhão de dólares em maio, de acordo com a mediana das estimativas ouvidas pela Reuters.

Em 12 meses até maio, o déficit em transações correntes correspondeu a 1,51 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), ante 1,41 por cento do PIB em 12 meses até abril.

Os investimentos estrangeiros diretos no país aumentaram para 2,483 bilhões de dólares no mês passado, frente a 1,313 bilhão de dólares em maio de 2008.

O BC revisou sua projeção de déficit em transações correntes em 2009 para 15 bilhões de dólares, frente a estimativa anterior de 16 bilhões de dólares. A alteração refletiu principalmente uma elevação no prognóstico de superávit comercial do ano para 20 bilhões de dólares, ante projeção anterior de 17 bilhões de dólares.

(Reportagem de Isabel Versiani)

Mais conteúdo sobre:
BACENEXTERNOMAIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.