Eduardo Paes justifica ausência em encontro de líderes

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, confirmou hoje ter sido convidado para o encontro de líderes realizado mais cedo no Theatro Municipal e justificou sua ausência com os deveres enquanto prefeito.

SABRINA VALLE, Agência Estado

27 de julho de 2013 | 16h33

"Uns tem a sorte de ver o Papa em todos os eventos, outros têm que trabalhar", disse, em coletiva de imprensa. "Já estive com o Papa quatro vezes. Não consigo ir a todos os eventos porque tenho uma cidade para cuidar".

Paes, no entanto, disse que esteve ontem com o Papa numa situação reservada em que o Pontífice disse que rezaria para seu filho, que estava fazendo aniversário. O prefeito disse que voltaria a se encontrar com o Papa até sua despedida.

Mais conteúdo sobre:
Eduardo PaesJMJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.