Gato escapa quando era transportado para avião no DF

O físico Maicon Saul Faria perdeu seu gato de estimação nesta semana, no Aeroporto de Brasília. O animal seria transportado por um avião da Gol, mas escapou de sua gaiola. Em nota, a empresa informou que "está mobilizada para levantar os detalhes sobre o ocorrido e tomar as devidas providências".

MARCELA GONSALVES, Agência Estado

27 de abril de 2011 | 17h10

A Gol afirmou ainda que presta o atendimento necessário ao cliente. A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) informou que sua equipe no aeroporto de Brasília também está auxiliando nas buscas pelo gato.

Em março deste ano, a aposentada Nair Flores perdeu seu cachorro após enviá-lo pelo serviço de cargas da Gol de Porto Alegre para Vitória. "Pinpoo", como era chamado o animal, foi encontrado duas semanas depois por policiais do Aeroporto Salgado Filho, na capital gaúcha. A assessoria da empresa informou que o acidente aconteceu porque "Pinpoo" escapou da caixa na qual seria transportado.

Mais conteúdo sobre:
fugagatoaviãoGol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.