General sírio está entre os mil refugiados que fugiram à Turquia

Cerca de 1.000 sírios, incluindo um brigadeiro-general que desertou, fugiram para a Turquia nas últimas 24 horas para escapar da cada vez mais intensificada violência em seu país, afirmou uma autoridade turca na sexta-feira.

Reuters

03 de agosto de 2012 | 07h43

O mais recente grupo elevou o número de refugiados sírios na Turquia de 44.000 no final de julho para 45.500, disse a autoridade, que pediu para não ser identificada. Pelo menos 25 generais militares estão entre os que buscaram refúgio na Turquia.

Uma revolta que já dura 17 meses na Síria gerou uma crise de refugiados na Turquia e em outros países vizinhos. Fontes da oposição afirmam que pelo menos 18.000 pessoas foram mortas desde que a revolta contra o presidente Bashar al-Assad começou em março de 2011.

Autoridades turcas estão preocupadas com uma possível "inundação" de refugiados de Aleppo, maior cidade síria, conforme forças de Assad usam aviões de guerra e artilharia para atingir combatentes rebeldes.

(Reportagem de Ayla Jean Yackley)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAREFUGIADOSTURQUIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.