Hillary elogia acordo para pôr fim a impasse em Honduras

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, elogiou o acordo fechado entre as partes adversárias em Honduras para encerrar a crise iniciada após a deposição do presidente Manuel Zelaya por um golpe militar há quatro meses.

REUTERS

30 Outubro 2009 | 07h40

"Nós estávamos claramente do lado da restauração da ordem constitucional, e isso inclui eleições", disse Hillary a repórteres durante visita ao Paquistão.

O governo de facto de Honduras aceitou na noite de quinta-feira (madrugada de sexta-feira em Brasília) um acordo que abre as portas para o retorno ao poder de Zelaya, pondo fim a uma crise que representa uma dor de cabeça para a política externa do presidente Barack Obama.

(Por Andrew Quinn)

Mais conteúdo sobre:
HONDURAS HILLARY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.