Imprensa espanhola chama Ronaldinho de dorminhoco

Assessor alega que jogador se atrasou para pegar ônibus por causa de engarrafamento.

Anelise Infante, BBC

20 Fevereiro 2008 | 12h00

O atraso de Ronaldinho Gaúcho para pegar o ônibus do Barcelona que levou a equipe ao aeroporto rendeu a pecha de "dorminhoco" ao jogador na imprensa espanhola.O clube convocou 18 jogadores na terça-feira às 9h para a viagem e na hora da saída do estádio do Camp Nou, faltava Ronaldinho. O craque acabou perdendo o ônibus e foi direto para o aeroporto de El Prat, em Barcelona, de onde o time embarcou para Glasgow, na Escócia, para enfrentar o Celtic pelas oitavas-de-final da Liga dos Campeões da Europa. Segundo a imprensa espanhola, Ronaldinho se atrasou porque ficou dormindo.O assessor de imprensa do Barcelona reconheceu o atraso diante dos jornalistas que acompanharam a equipe, mas disse que "Ronaldinho não chegou por causa de um grande engarrafamento".Pelo menos três jornas espanhóis, no entanto, se baseram em rumores que surgiram no clube para dizer que que o jogador não só perdeu o ônibus, como quase não embarcou, porque não se levantou da cama na hora certa.O jornal esportivo AS na edição desta quarta-feira vai mais longe e acusa o jogador de "insistir em desafiar o clube com atos de indisciplina".O AS também questiona a explicação do engarrafamento ao comparar o brasileiro com os companheiros de time no Barcelona, Messi e Gudjohnsen, que são seus vizinhos no município catalão de Castesldefels (a 30 km de Barcelona) e foram pontuais no compromisso de terça-feira.MultasO jornal ABC também diz que o jogador teria ficado dormindo. "Não é uma perseguição", diz o ABC, acrescentando que o jogador "se presta" a que "lhe apontem com o dedo e falem dele, desta vez por ficar dormindo e chegar tarde".Na edição desta quarta-feira o jornal La Razón colocou o atraso como manchete: "Ronaldinho ficou dormindo e chegou tarde" e recordou o código interno do Barcelona, que impõe multas para cada atleta que perca a hora dos compromissos do clube.Apesar do atraso e das gozações dos companheiros e jornalistas no aeroporto de El Prat, em Barcelona, Ronaldinho recebeu as brincadeiras com um sorriso e viajou acompanhado pela irmã dele, Daisy, para o vôo que saiu às 10h50.Para a BBC Brasil a assessoria de imprensa do clube insistiu na versão do engarrafamento e que o jogador recebeu a recomendação de seguir direto para o aeroporto para não perder o avião também.Sobre a possibilidade de multa, a resposta foi que "a decisão é da comissão técnica e os códigos internos devem permanecer no âmbito interno do clube". Mas confirmou que existe precedente de multas por atrasos. "É o normal", disse a assessoria.A imprensa espanhola aposta em outra polêmica para o jogo desta quarta-feira: se Ronaldinho entrará ou não no chamado grupo dos "4 fantásticos" - o ataque goleador formado por Messi, Henry, Eto'o e Ronaldinho. É a segunda vez em seis meses que o técnico Frank Rijkaard tem a possibilidade de escalar o quarteto completo, por problemas anteriores de contusões. Em uma charge no jornal esportivo Sport, Ronaldinho aparece desenhado barrado do quarteto. O brasileiro pergunta se ele não era parte dos 4 fantásticos, e escuta a resposta de um dos jogadores: "Era".BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.