Incêndio atinge alto-forno II da Usiminas de Cubatão

Um incêndio de grandes proporções atingiu o alto-forno da Usiminas, na Rodovia Don Domenico Rangoni, no Jardim das Indústrias, em Cubatão, durante a madrugada deste sábado, 19. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Cubatão, foram necessárias 6 horas para controlar as chamas e a causa do incêndio ainda não foi identificada.

GHEISA LESSA, Agência Estado

19 Maio 2012 | 10h50

A Brigada Militar de própria empresa tentou controlar a situação até que ativaram os agentes dos bombeiros para auxiliar no combate às chamas. O Corpo de Bombeiros afirma que, mesmo a empresa funcionando 24 horas por dia, não houve feridos.

Cerca de 12 viaturas dos bombeiros foram necessárias para apagar o incêndio na torre. Os agentes dos bombeiros informaram que a perícia da polícia foi solicitada para identificar o que causou o incêndio no local.

O alto-forno II da Usiminas de Cubatão, torre onde aconteceu o acidente, é um setor da empresa onde acontece o derretimento de metais com altas temperaturas e o auxilio de gases.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Usiminas, ainda não foi estimado o valor do prejuízo causado pelas chamas, mas, de acordo com o Corpo de Bombeiros, toda a parte superior da torre foi consumida pelas chamas.

Mais conteúdo sobre:
incêndioUsiminasCubatão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.