Intel reduz pessoal de marketing antes da chegada de novo diretor

A Intel está suprimindo postos de trabalho no seu departamento de marketing antes da chegada do novo diretor da área, Steven Fund, em quem a fabricante de chips aposta que irá restaurar a imagem de sua marca.

Reuters

14 de maio de 2014 | 15h15

Nas últimas semanas, perto de 40 funcionários do marketing aceitaram pacotes de incentivos para saída voluntária da empresa, disseram duas pessoas próximas à companhia, que não estavam autorizadas a comentar.

Os vice-presidentes de marketing, Kevin Sellers e Nancy Bhagat, que iriam se reportar a Fund, também estão deixando a empresa, disseram as duas fontes.

As reduções ocorrem enquanto a maior fabricante de chips do mundo luta para revitalizar uma marca associada ao decadente mercado de computadores pessoais. O presidente-executivo, Brian Krzanich, disse em fevereiro que a Intel precisava revitalizar seu marketing para voltar a ser "descolada".

O porta-voz da Intel, Chuck Mulloy, se recusou a confirmar quantos saíram, mas disse a decisão fazia parte de um plano anterior anunciado para reduzir a força de trabalho em cinco por cento este ano.

No entanto, ele disse que eles não estavam saindo como reação a problemas específicos no departamento de marketing.

O departamento de marketing da Intel tinha mais de 300 empregados divididos em diferentes unidades de negócios e escritórios antes dos cortes, estimou uma das fontes.

(Por Noel Randewich)

Tudo o que sabemos sobre:
TECHINTELMARKETING*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.