Justin Bieber e Lea Michele em campanhas pelos animais

A ONG Peta, que defende os direitos dos animais pelo mundo todo, conseguiu atrair para suas campanhas famosos que têm grande apelo com o público jovem, como o cantor Justin Bieber e a atriz Lea Michele, protagonista do seriado musical Glee.

AFRA BALAZINA e ANDREA VIALLI, com AFP, O Estado de S.Paulo

30 de janeiro de 2011 | 00h00

Lea está engajada contra a crueldade das carruagens puxadas por cavalos. Ela expõe num vídeo as duras condições a que esses animais são submetidos. "Imagine por um momento que você é forçado a fazer um trabalho físico duro durante todo o dia, sete dias por semana, mesmo quando está incrivelmente quente ou frio lá fora", diz. "No final do dia, em vez de relaxar em uma poltrona ou dormir em uma cama confortável, você está trancado em um armário pequeno durante toda a noite." Em Nova York, é comum turistas andarem em carruagens no Central Park, por exemplo. Os passeios acontecem o ano todo, mas há menor número de carros em janeiro, quando está frio, e em agosto, quando é muito calor.

Bieber é a nova estrela de uma campanha para encorajar as pessoas a adotarem animais de abrigos em vez de comprarem em pet shops e criadouros. Segundo a ONG, dos animais abandonados ou perdidos que vão para abrigos, cerca de metade sofre eutanásia porque não tem casas para onde ir. De acordo com a Peta, comprar em pet shops também ajuda a manter fábricas de filhotes com operações cruéis de reprodução em que os cães são criados em locais muitas vezes apertados e em péssimas condições. A entidade defende que a única solução para a crise de superpopulação de cachorros e gatos é a castração e esterilização dos bichos, assim como a adoção dos que estão em abrigos.

ENERGIA LIMPA

Índia avança em projeto de energia eólica

A Suzlon Energy, terceira maior fabricante de turbinas eólicas do mundo, recebeu uma encomenda de US$ 1,28 bilhão da empresa Caparo Energy para desenvolver 1 mil megawatts em projetos de energia eólica na Índia. O país está sob pressão para aumentar o uso de energias renováveis em sua matriz e reduzir a dependência do carvão, que responde por 55% da geração de energia na Índia e é altamente poluente.

SERRA DO MAR

Rafting é permitido em Paraitinga

A Fundação Florestal voltou a autorizar a realização de rafting no Parque Estadual Serra do Mar, no núcleo Santa Virgínia, em São Luís do Paraitinga (SP). A prática havia sido suspensa após as enchentes no Rio Paraibuna, que devastaram a cidade em 2010. Cerca de um ano depois da tragédia e da realização de análises sobre o comportamento das águas, a descida pelas corredeiras do rio em botes infláveis pode voltar a ser operada pelas empresas autorizadas. O rafting ocorrerá nos fins de semana, com intervalo de 14 dias. A fundação adotou a capacidade máxima diária de 75 pessoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.