Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Kassab diz que avalia convites de PSB e PMDB

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), afirmou na sexta-feira que ainda não definiu seu futuro político, mas admitiu que avalia os convites para se transferir para o PSB ou o PMDB.

REUTERS

25 de fevereiro de 2011 | 19h35

Ele afirmou que a decisão será feita após a convenção do Democratas, em 15 de março, que vai eleger uma nova direção. O prefeito reuniu-se nesta sexta, em São Paulo, com a presidente Dilma Rousseff e o governador Geraldo Alckmin (PSDB).

"Existe um convite feito de forma muito respeitosa pelo governador Eduardo Campos (presidente do PSB) e pelo (vice-presidente) Michel Temer (presidente licenciado do PMDB) para que no caso de identificarmos uma hipótese de saída do DEM eu possa examinar... a filiação, seja no PSB ou no PMDB", afirmou Kassab a jornalistas.

O prefeito disse ainda que haveria outros partidos, sem identificá-los, e que consultará deputados e militantes do DEM antes de tomar uma decisão.

Segundo Kassab, ele pretende se reunir com Jorge Bornhausen (SC), Marco Maciel (PE) e José Agripino (RN) depois da convenção do partido para discutir seu futuro político.

Kassab está em busca de mais espaço político, o que inclui se candidatar ao governo paulista em 2014. Eleito pelo DEM, no entanto, ele poderia perder o mandato de prefeito se o partido requisitar, no caso de ele mudar de sigla.

Além de dialogar com outros partidos, ele pode fundar um novo, levando junto seus correligionários.

(Por Carmen Munari)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICAKASSABCONVITE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.